Home / Eventos / I Roda de Lembranças do Museu Treze de Maio
Imagem3.jpg

I Roda de Lembranças do Museu Treze de Maio

A 1ª Roda de Lembranças do Museu Treze de Maio ocorreu no dia 16 de novembro de 2009, durante a 21ª Semana Municipal da Consciência Negra de Santa Maria e foi inspirada na oficina “Roda de Lembranças com os pescadores de Sepetiba”, evento este realizado durante a I Jornada Formação em Museologia Comunitária6, em Santa Cruz no Rio de Janeiro, no ano de 2009. Na oportunidade reuniram-se parte dos antigos sócios do Clube Treze de Maio que viabilizaram através de seus depoimentos a implementação de um arquivo oral que pela definição de Voldman (2005, p.36) se configura como um “documento sonoro, gravado por um pesquisador, arquivista, historiador, etnólogo ou sociólogo, sem dúvida em função de um assunto preciso, mas cuja guarda em uma instituição destinada a preservar os vestígios dos tempos passados para os historiadores do futuro”, possibilitando ampliação das fontes a serem utilizadas durante o processo de construção do conhecimento histórico sobre a resistência do povo negro no sul do país, tendo como objeto central o resgate da história da SCFTM.

O MTM desenvolve diversas atividades de pesquisa, coleta, preservação e difusão do patrimônio material e imaterial do centenário Clube Social Negro, atuando também como agente de transformação e afirmação das “identidades negras” no sul do país. A partir desta premissa é que o Museu organizou a atividade “Roda de Lembranças” que contou com a presença dos seguintes associados que deram seus depoimentos7 para o Banco de Memória do Museu Treze de Maio: Alcione Flores do Amaral, Sirlei, Jocélia Rodrigues, Petrolina Barbosa Marques, Maiara Medianeira de Oliveira, Jonbelina da Silva Vargas, José Antonio Xavier, o Toninho e Adão Valdecir Barbosa, o Zico, que veio a falecer no dia 27 de julho de 2010.

Ao longo de dez anos de pesquisa a lista foi ampliada graças aos diversos atores que já atuaram junto ao Museu, em especial acadêmicos do Curso de História, Arquivologia e também agentes da comunidade envolvida. Assim, através da intensa participação dos estudantes do Curso de História da Universidade Federal de Santa Maria, oriundos da Disciplina Prática do Historiador em Museu que se deu a investigação e busca de antigos sócios para participarem daquela Roda. O trabalho, sob a orientação de Giane Vargas Escobar, foi executado pelos acadêmicos do Curso de História da UFSM João Davi Minuzzi, Bruna Gomes Rangel, Jéssica Nobre Maria, Matias Rempel, Bárbara Textor, Renata Baldin Maciel, Renata Blini Strasser, Maria Lúcia Macari e Gilvan Moraes, que a partir dessa lista, partiram para a procura desses antigos associados.

No dia da Roda de Lembranças, a organização ficou a cargo dos dinamizadores do MTM, como acadêmicos e pessoas da comunidade em geral, desde a limpeza antes e depois do evento, a filmagem de toda a entrevista e o registro fotográfico. Enquanto a Roda de Lembranças ocorria, houve uma confraternização, o que possibilitou que os participantes pudessem sentir-se mais a vontade para se pronunciar e relembrar do seu próprio passado. Durante a confraternização o fundo musical era composto por músicas que tocavam nos bailes da SCFTM, que foi fruto de uma pesquisa que o acadêmico Matias Rempel fez nos arquivos que estão no museu.

Imagem1

 

Imagem3Imagem4Imagem5

Trechos retirados do Artigo: “Roda de Lembranças no Museu Treze de Maio: Sensibilizando antigos sócios do clube treze de maio para a preservação da memória coletiva” por Bruna Gomes Rangel, Giane Vargas Escobar, Jéssica Nobre Maria e João Davi Minuzzi.

Disponível em: http://matek.inf.br/artigos/RODA.pdf e no menu Publicações.

 

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *