Home / Olhares Negros / Olhares Negros: Vera Lucia da Silva Leal
vl-9

Olhares Negros: Vera Lucia da Silva Leal

Quem pensa que “Vento Norte” é só aquele ventinho peculiar de Santa Maria, amado por muitos e odiado por outros, se engana! Esse era o nome da famosa Banda Musical VENTO NORTE, que animou os bailes do Clube Treze de Maio e diversos locais da região, na década de 1980. Formada por seis irmãos, todos negros e liderada por uma mulher negra que brindou nossa equipe, com sua voz absolutamente afinada cantando “Fascinação” em uma tarde de sol esplendoroso! Nossa homenageada de hoje: Vera Lucia da Silva Leal! 

Cantora profissional aprendeu a tocar piano, flauta e outros instrumentos, lá pelos seus onze anos, num internato de freiras onde era semi-interna. Nesse internato foi incentivada a cantar por uma irmã religiosa que a ensinou técnicas vocais e no mesmo período, levada por sua mãe, conheceu a umbanda, sendo este o seu grande segredo “durante o dia era católica e de noite era umbandista”, fato que conta com um sorriso contagiante, sua característica marcante. Sua preferência por cantar, a partir dos dezoito anos, também lhe trouxe inúmeros desafios, dentro e fora de casa, pois sofreu muito preconceito por ser considerada uma “mulher da noite”. Com uma trajetória inspiradora, jamais desistiu dos seus sonhos e hoje, um dos seus projetos é ingressar na Universidade Federal de Santa Maria, no Curso de Música. 

Acompanhe o Making-Off de Vera Lucia da Silva Leal realizado em 6 de outubro de 2013, no Bairro Itararé!
vl-1 vl-14 vl-13 vl-12 vl-11 vl-10 vl-9 vl-8 vl-7 vl-6 vl-5 vl-4 vl-3 vl-2

Aprovada via Fundo de Apoio a Cultura – FAC/RS, conforme Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, de 22 de novembro de 2012, a Exposição Fotográfica “Olhares Negros” é uma atividade artística relacionada à Semana da Consciência Negra (novembro de 2013), além de contemplar os 110 anos de existência do Treze, que visa registrar a memória e a história dos negros e negras da cidade de Santa Maria, escolhidos pelo Museu Treze de Maio e comunidade, através do voto popular. A exposição visa valorizar e promover a autoestima dos indivíduos fotografados através de 24 fotos emolduradas, junto a mini biografias dos fotografados. O Projeto tem como Coordenador Geral, Vilnes Gonçalves Flores Júnior ou Nei D’Ogum – Coordenador do Núcleo de Ação Cultural Educativa do Museu Treze de Maio e como Produtora Cultural, Luciele Oliveira – Acadêmica do curso de Comunicação Social da UFSM.

Fazem parte da equipe de elaboração e execução do projeto: Franciele Oliveira – Acadêmica do curso de História UFSM; Letícia Aguiar – Acadêmica do curso de Arquivologia UFSM; Alexon Messias da Rocha – Acadêmico do Curso de História UFSM; Eráclito Pereira – Museólogo e Mestre em Patrimônio Cultural UFSM; Giane Vargas Escobar – Doutoranda em Comunicação, Mestre em Patrimônio Cultural UFSM e Especialista em Museologia.

 

Conheça todos os outros ensaios!

 

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *